27/06/2018 às 12h58min - Atualizada em 27/06/2018 às 12h58min

Técnico em automação industrial: saiba tudo sobre a profissão

Jacqueline Gonçalo

Conheça o trabalho, as áreas de atuação e como ingressar no ramo da automação industrial

Desde a época da Revolução Industrial as máquinas têm substituído o homem em diversas áreas e processos. Em algumas indústrias, hoje em dia, o trabalho do ser humano já foi completamente sucedido pelos equipamentos. No entanto, para garantir que tudo funcione de modo correto e seguro, é fundamental a presença de um profissional nessas fábricas: o técnico em automação industrial.

A profissão ainda não é tão popular, mas está em ascensão por conta das projeções de crescimento do mercado e já é considerada uma das profissões do futuro. Principalmente em relação às áreas de óleo e gás, petroquímica, siderurgia e infraestrutura, que estão se desenvolvendo bastante e prometem alavancar o setor da automação.

O que faz um técnico em automação industrial?

O tecnólogo em automação industrial é o profissional que atua a serviço da modernização dos métodos de produção operados no setor industrial - desde os serviços de planejamento e instalação à supervisão dos sistemas de integração e automação. Ele é o responsável por projetar, executar e instalar sistemas de controle e automação nos processos industriais, sempre respeitando as normas técnicas e de segurança.

O trabalho também inclui manutenção, testes de medição, testes dos equipamentos usados e programação dos sistemas, utilizando tecnologias como controladores, sensores, redes industriais, controles de temperatura, pressão, vazão e sistemas supervisórios. Além disso, é preciso possuir uma visão apurada para as novas tecnologias, noções de empreendedorismo e conhecimentos técnicos aprofundados.

Quais suas áreas de atuação?

Os setores de metalurgia, de máquinas e equipamentos automobilísticos, químico, petroquímico, alimentício, de bebidas e de papel e celulose são alguns exemplos das áreas em que o profissional pode operar.

Dentro das indústrias, a atuação do tecnólogo acontece em vários segmentos - nos processos de manutenções preventivas e preditivas; no controle de eficiência e qualidade energética dos sistemas e processos; no gerenciamento de métodos e pessoas; na programação e análise das integrações de etapas das fábricas; no aperfeiçoamento de procedimentos para a redução de custos; na instalação de painéis elétricos e redes industriais (como a Ethernet); na elaboração de relatórios técnicos e na programação de sistemas de supervisão.

A carga de trabalho varia de acordo com o tipo de empresa, mas exige uma responsabilidade enorme do funcionário, já que sua ocupação está diretamente relacionada à funcionalidade, rendimento, operacionalidade e, principalmente, aos lucros obtidos pelo negócio.

Como ingressar na profissão?

O setor industrial muda constantemente. Todos os dias surgem tecnologias diferentes, novos sistemas e novas máquinas. Por isso, se você se interessa e quer apostar nessa área, vale a pena começar investindo em um curso superior de Tecnologia em Automação Industrial.

Muitas empresas também exigem certificações e conhecimentos prévios em sistemas de alguns fabricantes, experiência em startups, cursos de segurança para trabalho, conhecimento em AutoCAD e softwares de projetos, por exemplo. Pesquise sobre a área em que você quer atuar, defina seus objetivos e dedique seu tempo aos cursos relacionados.

Link
Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...