13/07/2018 às 14h23min - Atualizada em 13/07/2018 às 14h23min

Você sabe o que são processos gerenciais?

Os processos gerenciais são de extrema importância para que uma empresa extraia o máximo de sua capacidade produtiva

Jacqueline Gonçalo

Se você é interessado por administração ou gestão de empresas naturalmente já ouviu dizer em processos gerenciais. Conhecido também como gestão de negócios, essa área ainda é recente no Brasil. Apesar de recente - somente em 2009 o tecnólogo formado neste campo foi aceito como um profissional capacitado para administrar empresas pelo Conselho Federal de Administração (CFA) - não há uma empresa, atualmente, que alcance o desenvolvimento econômico ou mercadológico sem ter processos gerenciais claramente estabelecidos. Atribuir importância na gestão de processos gerenciais é indispensável para o aumento da produtividade.

Além disso, por conta da condição de graduação técnica, a formação de Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais tem sido muito procurada devido a sua curta extensão (cerca de 3 anos de curso) e rapidez para formar e preparar o aluno para operar no mercado de trabalho. Mas o quais são os processos gerenciais de uma empresa, afinal?

Qualquer empresa encarregada de um determinado tipo de mercado precisa, essencialmente, de gestão e técnicas estratégicas para operar funcionalmente, ter resultados favoráveis e, consequentemente, lucrar. Essa gestão estratégica é composta por vários papéis dentro da empresa e os processos gerenciais constituem exatamente a organização das atividades desempenhadas para atingir a meta final de qualquer empresa: oferecer seus serviços aos clientes e aumentar a lucratividade a partir disso.

A distribuição dos processos mais usual exercida pelas empresas é elaborada por três tipos: processos primários, processos de suporte e processos gerenciais.

Processos primários

Chamados também de “processos finalísticos”, por sua natureza definidora, são os processos principais e essenciais, ou seja, constituem as práticas que necessitam ser desempenhadas da maneira mais completa possível para a conquista da missão e das metas da empresa. Os processos primários definem o que é distribuído pela empresa e, devido a isso, eles estão fundamentalmente associados com os clientes, porque indicam o que eles receberão da empresa. São exemplos de processos primários a concepção e a comercialização de produtos.

Processos de suporte

Como o próprio nome já diz, são aqueles que dão suporte aos processos finalísticos. Por atuarem como a base de assistência aos processos primários, dada à concepção de procedimentos internos (ainda que interfiram no produto final oferecido aos clientes), são cruciais para a realização dos objetivos da empresa. A utilização de tecnologias que possam acelerar a produtividade e, consequentemente, a lucratividade ou até mesmo as áreas de gestão de recursos humanos da empresa são exemplos de processo de suporte.

Processos gerenciais

Por fim, esses processos têm o propósito de organizar e regular todas as práticas dentro da empresa e estão diretamente ligados à gestão e monitoramento dos processos primários e de suporte e também influenciam tanto nas metas e objetivos como também no produto final do negócio - ainda que não se relacionem com os clientes. Os processos gerenciais se encarregam em assegurar a realização das atividades internas da empresa da melhor forma possível. Um bom exemplo de processo gerencial é própria função de gestão empresarial, executada pelas áreas de administração.

A partir do uso desses processos e de uma boa administração dos mesmo dentro do negócio, é possível detectar falhas e defeitos antes mesmo que eles aconteçam e, assim, oferecer soluções rápidas e eficazes, garantindo o funcionamento e efetividade de todo o sistema empresarial.

Link
Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...