12/02/2015 às 20h53min - Atualizada em 12/02/2015 às 20h53min

Franquia de utensílios de cozinha aposta em aspirantes a chefs

Mundo Cheff estreia no mercado com lojas compactas e 1.200 itens

Press Works
Os sócios Rodrigo e Ronaldo Chiavenato quer democratizar a culinária. (Foto: Divulgação)

Na onda dos reality shows culinários, multiplicaram-se os aspirantes a chefs de cozinha. Pensando nisso, os irmãos Rodrigo e Ronaldo Chiavenato criaram a Mundo Cheff (www.mundocheff.com.br), uma loja de utensílios culinários voltada aos que querem se arriscar na arte de cozinhar. Muitos dos clientes da marca são jovens casais que não têm com quem deixar os filhos e preferem preparar o jantar em casa, também para economizar. Este ano a empresa se tornou a primeira franquia do setor no Brasil.

De marcas tradicionais, como Tramontina, Oster e Kyocera, a algumas mais descontraídas, como Chef’n, We-Design e LOL, a loja Mundo Cheff oferece um mix de 15 fornecedores organizados em corners. Entre 1.200 itens estão churrasqueiras, aventais, minirraladores, provoleras uruguaias, facas de cerâmica, coolers, minigeladeiras portáteis, temperos, entre outros. Os preços variam de R$ 2,90 a R$ 1.500.

“Queremos democratizar a culinária, mostrando que todos podem fazer parte do mundo da gastronomia”, diz Rodrigo. Para tornar as lojas pontos de encontro, são promovidos eventos com chefs preparando pratos no balcão, workshops gastronômicos, parceria com uma escola de culinária, além de um calendário anual de ações com foodtrucks.

A inspiração para a Mundo Cheff veio de chopeiras importadas da China: um amigo dos empresários trouxe os produtos, que passaram a ser usados para servir sucos nos coffee breaks e workshops promovidos por Rodrigo em sua outra empresa, a loja Mundo Terra. “O público começou a se interessar pelo item e decidimos comercializá-lo”, conta o cofundador. O próximo passo foi trazer seu irmão Ronaldo ao novo negócio. Os dois abriram um e-commerce e logo pensaram em uma loja física.

Foram dois anos para chegar a um modelo de franquia que fosse de fácil gestão. “Criamos unidades compactas, com baixo custo operacional e alta lucratividade”, conta Ronaldo. O resultado foi uma loja de 50 m², que precisa de apenas um franqueado e um vendedor.

A organização da Mundo Cheff foi pensada de forma a ajudar o franqueado, com os produtos distribuídos em “ordem cronológica” de utilização na cozinha. “Da porta da loja é possível enxergá-la inteira. Isso facilita até a percepção da falta de algum item”, explica o empreendedor.

O investimento para abrir uma franquia da Mundo Cheff é de R$ 190 mil. O tempo de retorno é de aproximadamente 24 meses e o faturamento médio gira em torno de R$ 35 mil a R$ 40 mil. A meta para 2015 é lançar dez franquias da marca.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...